Cartografia

Alex Garfitt, Hugh Pryor, Jeremy Wood e outros
Inglaterra
GPS DRAWING
Data de criação: por volta de 1999
http://www.gpsdrawing.com/
Os artistas usam o site para arquivar seus desenhos e os desenhos produzidos em workshops ministrados pelo mesmo, feitos com a ferramenta GPS, os quais são vistos pelo internauta, sobrepostos a fotografias aéreas feitas por satélite, bem como as imagens que podemos ver no Google Maps. Também podemos encontrar na página fotografias dos alunos dos workshops desenhando, simulações tridimensionais dos mapas e diários de percurso por Londres, separados por mês e ano.

Alex Jarrett
EUA
THE DEGREE CONFLUENCE PROJECT
Data de criação: 1996
confluence.org/
The Degree Confluence Project é uma proposta de demarcação dos pontos exatos de confluências entre meridianos e paralelos da Terra. Com o auxílio de um GPS, qualquer pessoa pode localizar um lugar específico do planeta em que as coordenadas geográficas sejam um número inteiro. A partir daí é só registrar o local com fotografias digitais e enviar para a equipe do site, que incluirá em um enorme banco de imagens, os registros dos lugares do mundo onde cruzam as confluências. De fácil manuseio, no site consta um mapa mundi interativo, em forma de um mosaico feito das fotos que são enviadas.

André Lemos
Brasil
SUR-VIV-ALL
Data de criação: 2008
http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/survivall/ (Página atualmente indisponível)
O trabalho é produto de uma pesquisa em locative media e da leitura do livro Survival de Margaret Atwood. Neste livro, a autora defende sua tese de que o relacionamento com a sobrevivência é um padrão no imaginário da literatura canadense. A partir disto o autor utiliza o aparelho de GPS para desenhar/escrever a palavra survival sobre o mapa da cidade de Edmonton no Canadá e documenta seu percurso buscando experienciar e entender o espaço urbano em questão e sua dinâmica de funcionamento. Além do desenho virtual, o site abriga fotografias, vídeos, marcações e indicações de Wi Fi que podem ser visualizados ao percorrer o mapa do Google Earth.

Andrea di Castro
México
GRÁFICA MONUMENTAL CON TECNOLOGÍAS GLOBALES
Data de criação: 1997
http://www.imagia.com.mx/aframe/espanol.html
Este é um projeto que se propõe, desde 1997, a desenhar a superfície da Terra com o deslocamento físico do artista pelo mundo. Utilizando-se das tecnologias GPS e Internet, o itinerário contínuo de movimento deste artista é demarcado em centenas de quilômetros. Os principais conceitos desse projeto, segundo o sites são: o movimento como traço, a natureza como superfície e o global das técnicas empregadas. A página carrega fotos das expedições e imagens dos desenhos criados a partir das mesmas.

Andréa Polli, Chuck Varga, Glenn Van Knowe
EUA
ATMOSPHERICS / WEATHER WORKS
Data de criação: 2003
http://www.andreapolli.com/studio/atmospherics/
Os autores deste projeto interdisciplinar somam conhecimentos para fazer um trabalho rico em sua poética e tecnologia. Com as habilidades dos participantes, é feito o trabalho de transformar em sons os dados atmosféricos de quatro altitudes distintas ao longo da costa leste norte-americana. No site do projeto há disponível, em mp3, resultados da mixagem dos sons que são coletados e a possibilidade de interagir com o trabalho em uma interface em flash, onde pode-se clicar em vários pontos da costa (a partir da imagem do mapa) e sua altitude correspondente, ouvindo assim o som produzido. 

Aran Bartholl
Alemanha
MAP
Data de criação: 2006
http://datenform.de/map.html
Site em que o artista posta imagens de suas intervenções questionando o Google Maps. O artista procura os erros de localização que o sistema do Google produz e faz uma intervenção colocando um marcador igual ao do Google no espaço real do erro, mostrando que nem sempre os sistemas de representação são equivalentes ao espaço real.

Celso Reeks e Thiago Boud’hors
Brasil
LANDS BEYOND
Data de exibição (na mostra Utopia 1997- Casa das Rosas)
http://www.distopia.com/LandsBeyond/
Este trabalho, um dos pioneiros em web arte no Brasil a ser reconhecido mundialmente, reflete questões de territorialidade e não-lugar. Lembrando muito o site Jodi pelo modo aleatório de direções que o mesmo toma ao navegarmos nele, a página traz referências e indicações de lugar com frases que se modificam pelo espectador. Seu formato simples usando apenas html torna a navegação fácil e seu aspecto rico em cores traz uma vertente estética ao trabalho.

Christoph Wachter
Suíça
ZONE INTERDITE
Data de Criação 2005, porém a versão 2.0, a partir de 2007
http://www.zone-interdite.net/P/
O projeto Zone Interdite propõe mapear e abrir ao público todas as zonas militares do mundo. Os criadores acreditam que essa é uma proposta artística ambiciosa, que conta com o auxilio dos usuários da Internet para ampliar o conhecimento das áreas militares privadas. As informações a respeito desta zona, entre elas as cartográficas, podem ser enviadas pelo site pelo internauta.

Claudia Washington e Lúcio de Araújo
Brasil
TRÂNSITO À MARGEM DO LAGO
Data de criação: 2004
http://margemdolago.transitos.org/
O Trabalho organiza-se a partir de uma viagem torno do Lago Artificial de Itaipu. Os artistas passaram 30 dias convivendo com populações ali instaladas, tentando mapear um pouco as características e peculiaridades destas localidades. O resultado do projeto se dá na produção de um “Caderno de Viagem”, disponível na internet.
Na página do projeto é possível ver imagens, áudios, vídeos, textos e até acessar um blog sobre a viagem. Ele também está no site transitos.org que é composto por cinco projetos relacionados, dentre eles o próprio Trânsito à margem do lago

Coletivo Curto-Circuito
Brasil
SITUACIONAUTAS
Data de criação: 2010
http://situacionautas.blogspot.com.br
Situacionautas é como um jogo. Para participar, o espectador deve baixar para seu celular um arquivo que se encontra no blog do projeto. Este arquivo envia cinco sugestões de performance a serem realizadas pelo “jogador”. O registro das ações é feito através da ferramenta walkingtools, que funciona no GPS do celular. Os resultados das ações realizadas podem ser vistos no blog ou no celular, se baixados os arquivos. No blog é possível ver vídeos, fotos, mapas e textos sobre as interações nas ruas de diversas cidades brasileiras – Fortaleza, Recife, Brasília, etc.

Coletivo Laboluz
Espanha
IMPRESSIONES INTANGIBLES
Data de criação: 2011
http://lcpi.pluton.cc/
Trata-se de um blog que coleta, em forma de repositório, as impressões visuais, sonoras, degustativas e olfativas que o grupo vem recolhendo ao se deslocar pelo bairro Cabanyal (Valencia, Espanha), desde outubro de 2011. Foi criado um aplicativo, usando o Google Earth, que pode-se incorporar com facilidade aos GPS dos automóveis, onde vai indicando os diferentes lugares dessas impressões. O projeto solicita a pessoa que complete o trajeto, que olhe, deguste, escute e cheire essas sensações que produz o bairro. 

Counts Media, Inc.
EUA
YELLOW ARROW
Data de criação: 2004
http://yellowarrow.net/v3/ (Página atualmente indisponível)
O site propõe-se a tagear o espaço urbano em todo o mundo com setas amarelas, como uma nova forma de explorar as cidades. Trata-se de um projeto construído em torno da filosofia geral que cada lugar é diferente e especial, se visto de uma perspectiva única.
Para participar do projeto, o usuário precisa enviar um SMS para o número indicado em uma das setas amarelas, então o autor da seta amarela envia uma história sobre o local do sticker: mensagens curtas, fragmentos poéticos de histórias pessoais. O yellowarrow.net site estende-se na Web como base de troca, permitindo aos participantes anotarem suas flechas com fotos e mapas na galeria online de setas amarelas colocadas em todo o mundo.

Eduardo Navas
NET ART WORLD
Data de criação: 2003
http://www.navasse.net/netartworld/
O trabalho faz um mapeamento de sites de net art de 2003 usando como recursos o hipertexto (através de links para os trabalhos de net art) e cartografia (com mapas, bandeiras e fotos). Nele são usados dados já existentes na rede: mapas localizados no The 2002 World Factbook, bandeiras, que estão hospedadas no site The World Flag Database e sites dos artistas, obtidos em links da 2003 Net Art. A página funciona por um sistema de janelas que modificam o conteúdo apresentado aleatoriamente a cada clique do mouse. As janelas apresentam os dados coletados de outros sites.

Eva e Franco Mattes - Casal 010010111010101
EUA
VOPOS
Data de criação: 2002
http://0100101110101101.org/home/vopos/index.html (página atualmente indisponível)
Com o uso do telefone celular com GPS, de um satélite e da internet, o casal transmite pela internet sua localização no mapa em tempo real. O trabalho teve a duração de um ano. Agora é possível escolher um horário e uma data e ver qual era a localização do casal naquele ano de 2002.
Obs: Esse trabalho esteve na Bienal Fin Del Mundo em Ushuaia em 2007.

Eva Wohlgemuth
Áustria
SYSTEM IV – MOVING PLATES
Data de criação: 1994
http://nr00226.vhost2.sil.at/E_WOHLGEMUTH/INTERNET/index.html (Página atualmente indisponível)
No trabalho Moving Plates, nove objetos (carro, navio, satélite, locomotiva, árvore, geleira, paiol, submarino e elevador) estão conectados a um sistema cinético global através de uma placa de titânio. Cada objeto encontra-se em local diferente, podendo o usuário acessar no site a identificação de cada local, com vídeos e fotos desses objetos. Uma experiência de movimento e cartografia nos é dada a partir da observação deste trabalho, uma vez que os objetos deixam de ser aqueles objetos para tornarem-se um sujeito que ocupa um determinado espaço em um determinado tempo, o qual nos relacionamos.

Gerardo Suter
México
TRANSITUS
Data de criação: 1999
www.lmi.com.mx/transitus (Página atualmente indisponível)
É uma proposta para a linha da fronteira EUA – México. Trata-se de uma vídeo-instalação a ser desenvolvida em dois territórios: um virtual e um real. O território real é representado por uma caixa/ container que viaja de ponta a ponta da linha fronteiriça entre os dois países, transmitindo sua memória ao site. O território virtual é o ciberespaço onde o espectador, por meio do site, gera estímulos que darão como informações as coordenadas do lugar onde se encontra a caixa. O site possui um calendário com informações sobre o paradeiro da caixa e textos explicando eventos ocorridos durante a viagem. 

Gustavo Romano
Argentina
CYBERZOO
Data de criação: 2003 - 2005
http://www.cyberzoo.org/
Site que armazena vírus em extinção. A ideia é criar um zoológico para salvar espécies artificiais (os vírus). É possível conhecer os tipos de vírus e ver como eles funcionam no sistema do computador. A sensação do internauta é de cautela e medo de ser infectado pelos vírus. Pela página, tu podes contribuir doando um vírus e enviar mensagens com esse vírus para seus amigos. Nos links há um mapa mundi (hoje fora do ar) que atualiza a incidência de vírus no mundo todo em tempo real, sendo possível pesquisar por região ou nome de vírus.

THE WORLD / 1 X 1
Data de criação: 2003
http://1x1.findelmundo.com.ar/menu0.htm
Na abertura do site se encontram pequenas imagens de grandes cidades, como Berlim, Valparaíso, Tóquio; ao clicar em cada uma delas, a imagem se amplia e pode-se visualizá-la em uma super ampliação. O artista disponibiliza uma imagem da cidade em que cada centímetro da tela do computador corresponde a um centímetro da imagem real da cidade. O resultado é uma brincadeira com a realidade e com a cartografia de um modo geral, disponibilizada por grandes recursos tecnológicos.

Karen O´Rourke
EUA
A MAP LARGER THAN THE TERRITORY
Data de criação: 2004
http://pagesperso-orange.fr/korourke/map/index.html
Fazendo referência ao conto de Jorge Luis Borges, no qual se fala em um mapa com área igual à cartografada, o trabalho põe em discussão os mapas e nossa relação com os mesmos. Em uma página que dá muitas opções de idiomas, o internauta é convidado a reativar memórias de lugar e espaço traçando seus caminhos na cidade, por meio de um programa em flash. O site inclui uma espécie de comércio de itinerários, onde o usuário pode ver, vender, comprar e trocar itinerários diversos, além de possibilitar a visualização de todos os itinerários ali feitos.

Mario Maciel, Sidney Medeiros e Suzete Venturelli
Brasil
ARTSATBR
Data de criação: 2005
artsatbr.unb.br
No Artsatbr, os usuários podem enviar, em tempo real, imagens vídeos, sons e textos sobre a situação do planeta Terra e do meio ambiente. O site destaca cinco categorias, colocadas como ícones em um menu na barra superior: queimadas ,desmatamento, poluição, miséria e pastos irregulares. Pode-se também ver, em tempo real, imagens das principais queimadas que ocorrem no planeta. Estas informações são enviadas por satélite. A informação e os dados imagéticos e sonoros podem ser enviados também pelo celular, desde que um programa seja instalado no dispositivo.

Matthew Biederman
Canadá
SPECTRUM SURVEY – UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE O ESPECTRO MAGNÉTICO
Data de criação: 2009-2010
http://www.agencetopo.qc.ca/spectrumsurvey/index_en.php
O artista utiliza ferramentas, tais como GPS, fotografia, vídeo, etc, que permitem registrar os traços de radiação eletromagnética (luz, ondas, frequências e magnetismo, como roteadores WiFi web). Ele propõe, desta forma, documentar o tráfego do espectro eletromagnético invisível ao olho nu, com o argumento de que o espaço “vazio” nunca está vazio, apenas não está visível aos olhos. O site é interativo e possui informações de como utilizá-lo e explorá-lo através do Google Earth.

Maurício Arango
Colômbia
VANISHING POINT
Data de criação: 2005
www.vanishing.mauricioarango.net/
Feito em flash 7, trata-se de uma conexão com as informações internacionais dos jornais de todo o mundo, atualizado diariamente por programação eletrônica. A imagem é de um mapa mundi onde cada país é um link, que ao ser clicado traz a visualização de um gráfico de barras que indica qual dia e em qual(is) jornal(is) foram anunciados notícias sobre aquele determinado país, aparecendo a frase título da chamada. Os jornais selecionados são os mais lidos do G7: Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Inglaterra, EUA. O site põe em evidência a diferença de alcance global que as notícias de cada país têm.

Maia Gusberti, Michael Aschauer, Nik Thoenen, Sepp Deinhofer
Áustria
LOGICALAND
Data de criação: 2002
www.logicaland.net
Logicaland é um projeto que torna o mapa mundial interativo e acessível. É um jogo onde pode-se facilmente visualizar os sistemas econômicos, políticos e sociais do nosso mundo e traçar uma comparação entre quaisquer países. O projeto tem a intenção de tornar público os dados do mundo globalizado, sendo uma mídia democrática, além de inspirar responsabilidade e sensibilidade ao indivíduo como parte de uma sociedade global. Este programa abrange simultaneamente aspectos de economia, educação, política e ecologia de forma integrada e esteticamente atraente. 
Martha Gabriel
LOCATIVE PAINTING
Data de criação: 2007
http://www.locativepainting.com.br/
Ao abrir o site, o internauta dispões de duas opções na página inicial. Uma delas é “criar sua pincelada”, a outra, acessar o mapa de pinceladas produzidas por usuários que entraram antes. Para criar a sua, o internauta deve preencher alguns dados e a partir disso, um software cria uma pincelada doo ponto onde a última pessoa participou até o endereço atual. A ideia é criar um mapa mundi de pinceladas coloridas. Cada ponto tem o nome da pessoa e sua localização em latitude e longitude. 

UFG, UFPI e UnB
Brasil
WIKINARUA
Data de criação: 2009
http://www.wikinarua.com/
É um projeto realizado pela Universidade de Brasília em parceria com outras instituições. A ideia é gerar conteúdos desde lugares muito remotos, como zonas quilombolas e indígenas, para alcançar uma rede cada vez maior. Para participar, deve-se baixar o software em seu celular e este vai funcionar como GPS para que cada usuário possa inserir informações de qualquer lugar em tempo real.
A sigla RUA significa também Realidade Urbana Aumentada, dando mais ênfase ao sentido do projeto. No site, é possível acessar as imagens postadas através de slideshow disponibilizados em ícones em um mapa ou em categorias diferenciadas. 

UnB - LART
Brasil
aQi!
http://aqi.unb.br/
Como em Post Urbano, dos argentinos WokiToki, o grupo de Brasília propõe que as pessoas contem suas histórias a partir de lugares. O site abre com a imagem do Google maps; o internauta deve localizar no mapa o lugar de onde se passa a história que vai contar e a partir daí inseri-la no site. Também é possível fazer a postagem através de software baixado para telefones móveis. Aqi! Surgiu do projeto Narrativas Emergentes em Vida Urbana Misturada, vinculado ao Wikinarua.
Brian Mackern
Uruguai
TEMPORAL DE SANTA ROSA
Data de criação: 2002
http://34s56w.org/xtcs/archivos.html
O site apresenta o temporal de Santa Rosa, fenômeno natural, de diversas formas: por meio de um texto que explica como a população uruguaia entende o fenômeno na sua cultura; por meio de áudios disponíveis para download, que representam ruídos e interferências que acontecem durante o temporal; também imagens via satélite e informações a respeito das instalações já realizadas em algumas galerias. O projeto teve duração de 2002 a 2011.

Daniel Belasco
Inglaterra
PLANBPERFORMANCE
Data de criação: 2003
www.planbperformance.net/dan/mapping.htm (Página atualmente indisponível)
www.planbperformance.net/forty.html
Desde abril de 2003, Belasco trabalha com GPS (Global Positioning System) incessantemente. Em seu trabalho intitulado The Daily practice of map making, o artista registra diariamente a trajetória que realiza, criando um mapa de seu deslocamento. Ele imprime esses desenhos e estabelece um diálogo com os acontecimentos da vida. Belasco vem desenvolvendo vários projetos desde então, que podem ser acessados em seu site pessoal.

David Troy
FLICKRVISION
Data de criação: 2007
http://www.flickrvision.com/
O site possui como plano de fundo um mapa mundi de onde pipocam imagens que são colocadas no portal Flickr, rede de compartilhamento de fotos. O trabalho evoca a globalização e a desterritorialização da internet. O site mapeia a produção fotográfica do mundo e ao mesmo tempo proporciona ao visitante uma viagem pelo mundo por intermédio das fotografias dos mais variados tipos, desde paisagem, retratos, fotos cotidianas e assim por diante. Na página é fornecido também um link, que direciona o visitante ao Flickr de cada imagem que aparece no trabalho.

Heath Bunting e Kayle Brandon
Inglaterra
BORDERXING
Data de criação: 2008
http://irational.org/cgi-bin/border/xing/list.pl
BorderXing é um guia on-line para atravessar sub-repticiamente as fronteiras da Europa. O site destina-se principalmente (ou, pelo menos conceitualmente) a ativistas, os solicitantes de asilo e aos que faltam documentação oficial para se deslocar de um país para o outro. O guia está estruturado em torno da base de dados de um site que fornece informações sobre os itinerários em vários pares de países, bem como a documentação das tentativas de trânsito a partir dos artistas. O projeto subverte a integridade das fronteiras nacionais, mas também a nossa percepção de que a Internet é um livre acesso para todos

James Bridle
RORSCHMAP
Data de criação: 2005
http://rorschmap.com
Rorschmap é um mapa diferente. James Bridle se utilizou das imagens de Google Earth para transformar a imagem de algumas cidades em um caleidoscópio. Ao abrir a página, visualiza-se a imagem de uma cidade espelhada. Se clicar em "go!", a imagem começa a se movimentar como uma animação abstrata deste mapa, distorcendo a cartografia. Abaixo na página é possível selecionar a cidade que desejar visualizar em animação. Também é possível saber em que ponto, exatamente, de cada cidade foi captada a imagem.

DRONESTAGRAM
Data de criação: 2012
http://booktwo.org/notebook/dronestagram-drones-eye-view/


O artista busca em sites da mídia, dos governos, na Wikipédia e outros as localidades que os Drones (veículos aéreos não tripulados utilizados por exércitos) atingem. Localiza tais regiões através do Google Maps e ferramentas similares e divulga imagens da região atingida, através do aplicativo Instagram em redes sociais.

Jem Finer
Inglaterra
ON EARTH AS IN HEAVEN
Data de criação: 2005
http://www.onearthasinheaven.net/
O trabalho do artista usa o deslocamento de informações para outro suporte criando novos significados. Usando o nome de 22 constelações, o projeto consiste em buscar no mundo os locais onde podemos encontrar o nome das estrelas de cada constelação. Após encontrar os nomes de estrelas na internet (que podem ser de pessoas, cidades ou os mais variados resultados), o artista marca em mapas antigos os locais onde se encontram as representações escritas das estrelas. Com cada ponto no mapa marcado, é criada uma nova constelação quando são traçadas linhas conectando os pontos dos nomes. 

Joan Heemskerk e Dirk Paesmans (jodi)
GEO GOO
Data de criação: 2008
http://geogoo.net
Este trabalho da tão famosa dupla de artistas de net.art possui um primor técnico de quem tem experiência neste meio. No site é mostrado o mapa do Google e imagens sobrepostas a ele, questionando convenções com elementos gráficos sobre o mapa e apontando semelhanças ao traçar gráficos que conectam locais geometricamente semelhantes remetendo ao formato circular. A geometria abordada na obra refere-se ao hábito de traçar símbolos no chão ou no mapa para descobrir verdades ocultas sendo revisitada com as ferramentas que o Google Earth possibilita para isto.

Layla Curtis
Inglaterra
MESSAGE IN A BOTTLE
Data de criação: 2004
http://www.fromramsgatetothechathamislands.co.uk/
Em seu trabalho intitulado From Ramsgate to the Chatham Islands – Message in a bottle (2004), a artista introduz um aparelho GPS dentro de 15 garrafas e as lança em alto mar, a partir da costa leste-sul da Inglaterra, perto do museu marítimo Ramsgate, que apóia o projeto. É possível acompanhar o desenho que as garrafas fazem pelo mar em animação, em tempo real. As garrafas encontradas à beira mar são catalogadas pelo seu destino e quem as encontra deixa seu depoimento no site. Layla, a artista, ainda faz desenhos, colagens, e outros projetos relacionados aos mapas. 

Les Liens Invisible
Itália
GOOGLE IS NOT THE MAP: The World is my Assumption
Data de criação: 2008
http://google.isnotthemap.net/
A frase "Google is not the map" é o pensamento que permeia este trabalho. A questão é o mapa como representação do mundo e seu significado que se dilui no seu uso desmedido na contemporaneidade. Usando a ferramenta Google Maps, o projeto cria mundos e camadas de 35 conceitos como controle e amor, por exemplo, que se sobrepõem a este mapa interativo. O trabalho suscita reflexões acerca da globalização e questionamentos sobre o sentido de ser possível o indivíduo acessar online uma representação pretensamente fiel do mundo.

Luca Bertini
Itália
HAI
Data de criação: 2008
http://www.h-a-i.info/ (Página atualmente indisponível)
HAI (termo japonês para uma afirmação positiva, "Sim") é um trabalho que pode ser definido como jogar telefone sem fio com protocolos de comunicação por satélite. Pensando no fluxo de informação por satélite e na margem de erro que um instante pode causar no sistema, o artista traz a tona esta questão, desenvolvendo uma estética de "acidentes de dados". Bertini desenvolveu um software chamado Umidasu (que significa "inventar" ou "geração" em japonês), que cria automaticamente frases. Outro software chamado Kanchigai (que significa "equívoco" em japonês) é executado a cada comunicação satélite-plataforma, eventualmente alterando a frase ou não. Assim, Bertini constrói sua mensagem com o uso da tecnologia para criar uma conversa entre máquinas de funcionamento semelhante ao humano.

Nômade IND
Brasil
EXORCISMOS URBANOS
Data de criação: 2009
http://exorcismosurbanos.com
O projeto exorcismos urbanos convida o público a dar visibilidade a lugares da cidade que são esquecidos ou abandonados. Cada pessoa deve enviar fotos suas em um lugar escolhido de qualquer cidade do mundo, sempre vestindo uma máscara.
A abertura do site apresenta um pequeno vídeo em animação incitando o internauta a pensar sobre o que chamam de “anti-lugares” das cidades. A página tem como fundo o mapa múndi, onde se localizam cada anti-lugar que já foi “exorcizado”. Basta clicar para obter as informações e fotos do local.

Paula Levine
Argentina
THEWALL - THEWORLD
Data de criação: 2010
http://thewalltheworld.net/
Um muro está sendo construído entre Israel e a Cisjordânia atualmente. É difícil imaginar o impacto que esta estrutura causa, como ele separa vila de aldeia, restringe o acesso entre Cisjordânia e Jerusalém, onde muitos moradores trabalham, tem parentes ou vão para a escola. A barreira corta o fluxo de pessoas e serviços que cresceram a partir de histórias locais, economias e de proximidade. Apesar das diferenças de culturas ou política, o muro altera radicalmente a vida diária, tanto em seu lugar de origem e em qualquer lugar em que sua sombra caia. Os espectadores podem comparar as alterações que o muro impõe em qualquer cidade.

Rafael Marchetti
Canadá
GEOPLAY
Data de criação: 2008-2009
http://geoplay.info/pt/index.php
Geoplay se apropria do serviço de rotas do Google maps mostrando imagens de um percurso por meio de fotos de algumas localidades deste trajeto. O site pede para o internauta inscrever dois endereços - um de partida e outro de chegada. Em seguida, é apresentada uma espécie de datashow com fotos de lugares que se encontram no caminho entre os dois pontos escolhidos. Estas fotos são captadas da própria internet, por intermédio de um programa que as localiza através dos endereços informados como locais de onde foram tiradas.


Rodrigo Moreira
Brasil
ESTRATÉGIAS DE SEGURANÇA
Data de criação: 2014

A obra é um site com registros da intervenção urbana realizada pelo artista em determinados pontos da cidade de São Paulo. A página contém um mapa com marcadores indicando locais onde ocorreram agressões homofóbicas. Cada um dos pontos dá acesso a imagens retratando jovens, vítimas de algum tipo de abuso de natureza homofóbica, no formato de cartazes lambe-lambe que Rodrigo levou para os muros da região. O trabalho teve origem na reflexão do artista sobre um post com foto e comentários de amigos na internet, mostrando uma seção impressa do Jornal Folha de São Paulo de 09/02/2014. A matéria abordava casos de violência contra homossexuais nos entornos da Avenida Paulista, e listava táticas adotadas pelos frequentadores dos entornos do local como forma de evitar agressões. Neste trabalho, as imagens dos jovens foram produzidas para o projeto e passaram por um tratamento gráfico, sendo sobrepostas por tarjas contendo as quatro dicas de comportamento publicadas pelo jornal. O objetivo é dar visibilidade a essas posturas que apontam para um discurso normativo de gênero na tentativa de enquadrar comportamentos e limitar a diversidade no espaço urbano.

Roxana
Holanda
NEW TOWN INSTITUTE
Data de criação: 2006 - 2007
http://www.newtowninstitute.org
The New Institute (Cidades Banco de Dados) é uma iniciativa do "Instituto Internacional de New Town", para concentrar todas as informações a respeito de "novas cidades". É um crescente banco de dados que inclui informações sobre a fundação e desenvolvimento das cidades, bem como mapas e imagens. As cidades são visualizadas em um mapa do mundo, por meio de uma animação interativa, e é possível ver o ano em que as cidades foram fundadas. Este mapa serve como interface para o banco de dados de novas cidades.

Roxana Torre
Argentina
PERSONAL WORLD MAP
Data de criação: 2004-2005
http://www.personalworldmap.org/
Personal World Map é um site interativo que une informações geográficas e financeiras dos destinos e das passagens aéreas nos principais aeroportos do mundo. Com uma interface de game, é possível escolher uma cidade de partida e definir quanto dinheiro, em euros, pretende-se gastar e quantas horas de viagem podem-se utilizar. Assim, o sistema calcula qual distância, em raio de circunferência, é possível atingir a partir dos dados computados. É um projeto que informa sobre a questão dos mapas, descentralizando os mapas tradicionalmente conhecidos, e põe em reflexão as diferentes instâncias de poderes econômicos e do aproveitamento do tempo. 

TRAJECTS MOVIE
Data de criação: 2005
http://www.torre.nl/trajectVis.html
O site mostra uma animação do trajeto da estrada de Utrecht (centro do mapa) para outras cidades na Holanda. Na animação, as distâncias foram substituídas por tempos de viagem para cada trajeto. A partir de segunda-feira às 0:00 e terminando em 23:50 sexta-feira, a animação mostra como os tempos de viagem são afetados por congestionamentos ao longo da semana de trabalho, especialmente em determinados momentos do dia. Durante a hora do rush, o gráfico expande-se em direções diferentes e à noite retorna gráfico para a forma original. Os dados foram fornecidos pelo Ministério dos Transportes e são valores médios para o ano de 2005. O desenho se modifica conforme o horário.

The Onion
OUR DUMB WORLD
Data de criação: O livro do projeto foi criado em 2007
http://www.theonion.com/content/atlas/ (Página atualmente indisponível)
O trabalho usa a ferramenta do Google Maps para criar um sistema que qualifica as mais variadas partes do mundo. Cada país recebe um breve resumo um tanto irônico e político que diz as características de cada parte e cultura do globo. Ao aproximarmos o mapa, veremos também avisos que ironizam a ferramenta e a cultura de cada país. O site é desenvolvido por uma revista de notícias de cunho humorístico.

Thorsten Knaub
Inglaterra
GPS DIARY
Data de criação: 2003
http://www.gpsdiary.org/
Este site marca os desenhos dos deslocamentos diários de Thorsten Knaub, no ano de 2003 (na época, a trajetória era marcada em tempo real), com uso de GPS. Os desenhos podem ser vistos sobrepostos e cada dia leva uma cor diferenciada, resultando em formas estéticas e conceituais. Os desenhos podem ser vistos por dias, meses ou ano.

Tom Lisboa
Brasil
LUGAR
Data de criação: 2008
http://www.sintomnizado.com.br/lugar
LUGAR é uma espécie de jogo que, como qualquer jogo, é orientado por um conjunto de regras. O objetivo é "desenhar", caminhando, a letra L (de lugar) na planta de determinado espaço urbano e, ao mesmo tempo, desenvolver um ensaio fotográfico neste trajeto. Posteriormente, as fotos e o trajeto em L são transferidos para um site onde é possível "viajar" pelo LUGAR percorrido.

Zannah Marsh
EUA
AWKWARD_NYC, OU THE NEW YORK CITY MAP OF AWKWARD SOCIAL INTERACTIONS IN PUBLIC SPACES
Data de criação: 2012
http://turbulence.org/Works/awkwardnyc/addtomap.php
O projeto acontece por meio de um mapa colaborativo online da cidade de Nova Iorque. O Mapa aponta locais na área metropolitana, onde mal-entendidos, explosões, brigas físicas, discussões entre amigos ou estranhos, términos de relacionamentos, entre outros acidentes sociais e pequenos traumas interpessoais têm ocorrido. Qualquer um pode adicionar uma história no mapa, sendo ele interativo. A autora da ideia diz ser “um projeto feito por Zannah Marsh e você”